Sem categoria

Porquê cuidar dos dentes de leite?

Se tivesse que nomear as perguntas mais feitas pelos pais na consulta, provavelmente esta estaria no Top 3!

“Mas porque é que vai tratar dentes de leite se vão sair?”

Quero explicar-vos que, apesar destes dentes não serem para toda a vida, é importantíssimo cuidar os dentes de leite, também chamados de dentes temporários, uma vez que, se estiverem doentes (com cárie por exemplo) eles podem provocar dor à criança! 👶🏻

Os dentes temporários não caiem todos aos 6/7 anos (dêem uma vista de olhos ao esquema da perda destes dentes (esfoliação), que vos deixo aqui), por norma, uma criança normal perde o seu último dente temporário aos 11/12 anos de idade. Por isto, percebemos que vão ficar muitos anos na boca da criança, e se provocarem dor, então a criança vai sofrer durante muito tempo e tomar muita medicação para as dores (sim, e infelizmente esta é a realidade para muitas crianças).

Captura de ecrã 2018-06-08, às 11.27.35
Cronologia de Esfoliação de Dentes Temporários

Para que isto não aconteça, nós Odontopediatras, lutamos diariamente para que as crianças nunca tenham cáries nos dentes de leite, mas quando não é possível evitar, temos de tratá-los, principalmente para não haverem dores e para a criança crescer de forma saudável.

Para além disto, quando as crianças têm problemas nos dentes temporários, é frequente verificarmos dificuldades no desenvolvimento da fala, na deglutição e ocorrerem problemas no desenvolvimento dos ossos e músculos da cara.

Quando as nossas “ferramentas de mastigar” não estão operacionais, com o tempo, o nosso sistema gástrico (estômago, intestinos, etc) vai começar a queixar-se e a apresentar sintomas de doença.

Aliado a isto, as cáries em dentes temporários, para além do aspeto menos estético que apresentam, provocam mau hálito e ocasionalmente, inchaço da cara da criança. Com isto, a criança pode ter necessidade de faltar às aulas para ir ao médico e ainda vai causar um efeito negativo na sua vida social, que vai ser apontada na escola pelos seus colegas, diminuindo a sua autoestima.

Obviamente não me quero esquecer de avisar que isto também afeta negativamente os dentes permanentes que estão logo por baixo dos dentes Captura de ecrã 2018-06-08, às 11.14.58temporários, à espera do momento certo para “nascer”. Isto é um processo complicado de explicar, mas tentando simplificar, quanto mais cáries tivermos na nossa boca, maior é a probabilidade de termos ainda mais a aparecer. Assim, numa boca com cáries, quando nasce um dente permanente, ele vai ter mais probabilidade de ter cáries do que numa boca livre de cáries.

Outro grande problema, para os dentes permanentes, acontece quando os dentes de leite têm infeções ou abcessos, isto porque os permanentes estão muito próximos das raízes do dente de leite (onde por norma se situam estas infeções), o que pode originar múltiplos problemas no desenvolvimento do dente permanente.

Ufffa… era mesmo muita coisa!

Espero que depois disto, muitos Pais/Educadores levem os seus filhos ao Médico dentista/Odontopediatra, com o objetivo de tratar os dentes de leite. Sim, queremos manter um bom ambiente para os dentes permanentes “nascerem”, mas principalmente criar boas condições para as crianças crescerem de forma saudável e livres de dor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s